Live Diva Negra – 100 anos de Carmen Costa


“Eu sou a raça, sou mistura / Sou aquela criatura / Que o tempo vai tombar / Sei que não serei a derradeira / Mas quero ser a primeira / Para a História conservar…”

Uma das primeiras cantoras negras a fazer sucesso na Era de Ouro do Rádio , com uma história única de superação, da menina que chegou ao Rio aos 15 anos e foi empregada doméstica do cantor Francisco Alves antes do estrelato. Sua trajetória, somada à potência de sua voz, fizeram com que Carmen Costa continuasse eterna na memória e na alma da população brasileira, como a grande intérprete de sucessos como “Está chegando a hora”, “Cachaça” e “Eu sou a outra”. Tão grande é sua estrela que, em 2003, a cantora tornou-se Patrimônio Cultural do Brasil, dedicando ao momento a canção “Tombamento”, que abre nosso post de hoje.

No ano em que se comemora o Centenário da Diva Negra, o MIS convidou um grupo especial para conversar sobre a trajetória e o legado da artista em uma Live, com a presença da filha de Carmen Costa e Mirabeau Pinheiro, Silézia Madriaga, além da atriz e cantora Anna Paula Black e da pesquisadora e editora Elfi Kürten Fenske . A transmissão ocorrerá no próximo dia 16 , às 18h , na Página do MIS no Facebook (facebook.com/mis.rj ) e será mediada por Gustavo Durán.