MIS Blog/

É muito amor!

20 de março de 2014


Fotos do jornal O Globo

 

O Simpatia É Quase Amor completou 30 anos de Ipanema neste Carnaval. Criado por um grupo de amigos que frequentava as arquibancadas do Maracanã em dias de jogos do Flamengo, o bloco herdou os instrumentos da torcida Fla-Diretas. Em meio ao processo de reabertura política do País, a maneira encontrada pela turma para reocupar o espaço público foi desfilar sua alegria pela orla de Ipanema.

Amarelo e lilás eram as cores da moda naquele verão, mas alguém lembrou também que eram as cores do antiácido Engov. A piada estava pronta. Mas e o nome? Henrique Brandão, um dos fundadores, estava lendo “Rua dos Artistas e arredores”, e lembrou um personagem de Aldir Blanc, Esmeraldo Simpatia É Quase Amor, o terror das empregadas domésticas de Vila Isabel. Como disse Aldir: “um personagem da Zona Norte virou nome de bloco na Zona Sul”…

Quem hoje vê o Simpatia levar mais quase 200 mil pessoas para as ruas não imagina que, no primeiro ano, uma kombi do supermercado Casas da Banha funcionava como carro de som, embalando cerca de 300 animados foliões. O bordão “Alô burguesia de Ipanema!” já podia ser ouvido. No ano seguinte, os fundadores decidiram que a bateria precisava se profissionalizar. Então surgiu Mestre Penha, hoje uma figura lendária do carnaval de rua carioca. Se Aldir Blanc é o mentor/ homenageado, os padrinhos são Albino Pinheiro e Dona Zica.

O Simpatia tem como característica principal cantar as belezas do Rio, principalmente de Ipanema, como o pôr-do-sol no Morro Dois Irmãos, as mulheres, o chope gelado, as noites de lua… mas também tem espaço para crítica social e política, além de homenagens como a deste ano a Aldir Blanc, que tinha feito uma primeira parte de um samba em 1999, completada agora por mim e meus parceiros Marceu Vieira e Orlando Magrinho, que vencemos a disputa nos ensaios.

Lenine, Noca da Portela, Mario Lago Filho, Lefê Almeida, Eduardo Gallotti e outros engrossam a lista de compositores do bloco, o pioneiro, juntamente com o Barbas, na revitalização ou redescoberta do carnaval de rua carioca. Se o Simpatia se inspirou na Banda de Ipanema e nos cordões suburbanos como o Bafo da Onça e o Cacique de Ramos, a turma de amarelo e lilás, por sua vez, indiretamente, abriu alas para a retomada das ruas, para o reencontro do carioca com a sua vocação natural: o humor e a alegria.

PARCEIROS


 

Sede Administrativa
Rua Visconde de Maranguape, 15
Largo da Lapa, CEP 20021-390
Rio de Janeiro/ RJ

Sede Praça XV
Praça Luiz Souza Dantas, 01
Praça XV, Rio de Janeiro/ RJ
Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Tel +55 21 2332-9509/ 2332-9507 (Lapa)
Tel +55 21 2332-9068 (Praça XV)
Email: olamisrj@gmail.com

©

2018 MIS–RJ
Termos de uso/ FAQ
design ps.2