MIS Blog/ Notícias

SIMPATIA MARCA O DEPOIMENTO DO ATOR ANTONIO FAGUNDES

29 de janeiro de 2015


49 anos de carreira, 50 filmes e centenas de peças teatrais

 

Muito simpático e cheio de relatos interessantes, o ator Antonio Fagundes abriu o ano de 2015 com chave de ouro, na série Depoimentos Para a Posteridade. O encontro animou o auditório da Praça XV, na última quarta do mês – 28.01 – como de costume. Para entrevistá-lo, na mesa, o amigo de longa data, o também ator Stênio Garcia, que demonstrou ao longo do depoimento, a cumplicidade de muitos anos de amizade. Confira os melhores momentos.

“Nasci no Rio mas me mudei para São Paulo ainda criança. Lembro da minha primeira peça, no Colégio Rio Branco, A ceia dos cardeais, de Júlio Dantas, em 63. Minha mãe sempre me apoiou. Quando disse que queria ser ator e seguir a carreira artística, não foi um problema. Ao contrário. Minha mãe sempre foi uma exímia expectadora e até me estimulou a seguir carreira no teatro. De 16 para 17 anos, fiz minha primeira peça profissional, no Teatro de Arena (em São Paulo)”.

“O teatro sempre esteve presente na minha vida, ao longo destes 49 anos de carreira. Não importava o que estivesse fazendo, para o teatro sempre houve espaço. Na década de 70, participei da primeira montagem de Hair, no Brasil.”

“Meu primeiro grande papel de destaque na TV foi com o personagem conquistador Petrucchio, de O machão, na TV Tupi, no ano de 74. Mas antes disso, teve gente que quis me cortar de projetos, pois me achavam muito feio. Neste caso, o talento me restava”.  Neste momento, a plateia do auditório, cai na risada.

“Na Globo, o primeiro papel foi na novela Saramandaia, de Dias Gomes, uma ótima experiência. Muito ingênuo, na época, quando me fizeram a proposta cobrei o mesmo que cobrava pelas peças de teatro. Mal sabia, que eu valia o dobro.”

“Tenho grande carinho por dois diretores de TV, Gilberto Braga e Benedito Ruy Barbosa. É uma felicidade participar de projetos desses dois. Tem sempre um valor afetivo. Para eles, estou sempre disponível.”  O ator já participou de inúmeras novelas de sucesso da dupla. Entre elas, Louco amor, Dancin’ Days, Champagne, Vale Tudo, Renascer, O Rei do Gado e Terra Nostra.

“Outro trabalho que me enche de orgulho e felicidade é a série Carga pesada, que fiz ao lado do Stênio. Ficamos no ar com a primeira versão, de 1979 a 81. Depois, voltamos em 2003, por mais quatro anos. Lembro que quando fomos gravar, já nesta segunda versão, o Stênio me perguntou num dia em que fizemos o take subindo e descendo do caminhão várias vezes: – “Fagundes, esse caminhão tá mais alto? Tá parecendo”. Aí, respondi que sim, talvez 25 anos mais alto”. Neste momento, os atores se divertiram na mesa, sorrindo um para o outro e lembrando que já não eram mais tão garotos, cheios de cumplicidade.

“Quase na década de 80, minha paixão por teatro fez com que eu criasse a Companhia Estável de Repertótrio (CER), em São Paulo. Éramos uma empresa, com 36 atores e 24 técnicos, no quadro fixo de funcionários. Teatro é complicado. Eu gosto de trabalhar para o público, gosto de participar de todo o processo. Tem vezes, que vou também para a bilheteria, vender ingresso meia hora antes do espetáculo começar. Isso é importante, pois ali já vejo como será o espírito da plateia naquele dia. Também não abro mão do bate papo no final de cada apresentação. O público é o meu patrão. Por isso, não trabalho com patrocinadores. É uma questão ideológica. Para aceitar um trabalho, em preciso concordar com ele e participar de todos os processos, do começo ao fim”.

“Atualmente estou em cartaz em São Paulo com a peça Tribos, onde atuo ao lado do Bruno Fagundes, meu filho. E em setembro, retomamos com a montagem de “Vermelho”, que encenamos em 2012”.

 

PARCEIROS


 

Sede Administrativa
Rua Visconde de Maranguape, 15
Largo da Lapa, CEP 20021-390
Rio de Janeiro/ RJ

Sede Praça XV
Praça Luiz Souza Dantas, 01
Praça XV, Rio de Janeiro/ RJ
Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Tel +55 21 2332-9509/ 2332-9507 (Lapa)
Tel +55 21 2332-9068 (Praça XV)
Email: ola@mis.rj.gov.br

©

2018 MIS–RJ
Termos de uso/ FAQ
design ps.2