MIS Blog/ Depoimentos

O PIANO FUNDAMENTAL DE ANTONIO ADOLFO

14 de julho de 2016


Tibério Gaspar e Antonio Adolfo. Acervo MIS

 

Antonio Adolfo será o próximo convidado dos Depoimentos para a Posteridade, do MIS / Museu da Imagem e do Som, dia 27 de julho de 2016. Ele será entrevistado pelos jornalistas Antônio Carlos Miguel e Jorge Roberto Martins e pelos músicos Carlos Lyra e Mauro Senise.

Carlinhos Lyra tem relação direta com o início de carreira de Antonio Adolfo. Foi durante a montagem de “Pobre Menina Rica”, no Teatro de Bolso, de Aurimar Rocha, com texto de Vinicius de Moraes e música de Carlos Lyra, que surgiu o Conjunto 3-D, quando Antonio Adolfo tinha apenas 16 anos.

No mesmo ano, em 1964, eles gravaram o primeiro LP, com piano e arranjos de Antonio Adolfo, Cacho, no baixo e Nelson, na bateria e que tinha as participações especiais de Dom Um Romão, na bateria, Arisio, ao violão e Claudinho no trompete. Em 1967, lançaram o disco “Muita Onda”, com nova formação: Gusmão, baixo, Nelsinho, bateria, Hélio Delmiro, guitarra, Rubes Bassini e Jorginho Arena, na percussão e simplesmente os espetaculares Eduardo Conde e Beth Carvalho nos vocais!

Após a diluição do Conjunto 3-D, Antonio Adolfo firmou a sua grande parceria com Tibério Gaspar, estudante de engenharia na época, mas que ficaria para sempre com a música. A dupla se especializou nos festivais que fervilhavam os anos 1960 e é responsável por clássicos da música brasileira, como “Sá Marina”, “Juliana”, “Teletema”, “BR-3”, canções gravadas constantemente até hoje.

Com o grupo A Brazuca, foi responsável por lançar discos psicodélicos, com forte apelo soul, e que chegou a acompanhou Elis Regina em turnê no exterior.

Nos anos 1970 e 1980, Antonio Adolfo foi pioneiro na produção independente de discos no Brasil, como o fundamental “Feito em casa”, do selo Artezanal, vendido por ele mesmo às lojas. Em 1985 crio mais uma empreitada em sua carreira, o bem sucedido Centro Musical Antonio Adolfo, referência de estudo em música no Rio de Janeiro. Antonio Adolfo continua gravando, tocando e é um dos nossos pianistas mais importantes.

Se você quiser acompanhar a gravação, fique atento: o evento é gratuito (acesso por entrega de senhas) e começa às 13h30, na sede do Museu da Imagem e do Som, na Praça XV. O auditório tem capacidade para 50 pessoas. Vale chegar cedo para garantir o lugar!





PARCEIROS


 

Sede Administrativa
Rua Visconde de Maranguape, 15
Largo da Lapa, CEP 20021-390
Rio de Janeiro/ RJ

Sede Praça XV
Praça Luiz Souza Dantas, 01
Praça XV, Rio de Janeiro/ RJ
Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Tel +55 21 2332-9509/ 2332-9507 (Lapa)
Tel +55 21 2332-9068 (Praça XV)
Email: ola@mis.rj.gov.br

©

2018 MIS–RJ
Termos de uso/ FAQ
design ps.2