MIS Blog/ Curiosidades Musicais

JORGE ARAGÃO E ELZA SOARES

21 de setembro de 2016


 

Comemorando 40 anos de carreira, que tem como marco inicial a gravação de “Malandro”, por Elza Soares, em 1976, o sambista Jorge Aragão tem sua história contada no livro “O enredo de um samba”, do jornalista João Pimentel, que será lançado hoje, dia 21, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon, às 19h.

A biografia faz parte do projeto Sambabook, que inclui ainda CD e DVD com convidados e um álbum de partituras. O livro conta a história do menino pobre, nascido em Cascadura, que se tornou um dos símbolos da turma surgida no Cacique de Ramos, a partir de meados dos anos 1980. Um dos momentos mais curiosos do livro é a revelação de que “Vou festejar”, um dos seus maiores sucessos, feito em parceria com Neoci e Dida, antes de estourar com Beth Carvalho, foi rejeitada por Elza Soares.

“Depois de ter gravado “Malandro”, em 1976, Elza Soares ficou curiosa para ouvir outras composições do autor daquele sucesso estrondoso. Então, algumas músicas de Jorge Aragão chegaram às mãos da cantora, que, em 1978, trabalhava com os produtores Gerson Alves e João Carlos Soares no novo disco, “Pilão + raça = Elza”. Duas músicas, então, caíram no gosto de Elza: “Vou festejar” e “Perdão, amor”, esta, apenas de Aragão e Neoci.

Certo dia, Elza chama os parceiros para ouvirem o resultado das gravações. Ao ouvir o arranjo mais cadenciado de “Vou festejar”, longe da vibração com que a música era cantada nas rodas, Dida não se conteve: “está tudo errado, o nosso samba não é para ser tocado no Teatro Municipal. Esse samba é para ser cantado nas ruas, pelo povão”. Um dos produtores, ao ver a reação de Dida, não se conteve. “É por isso que o compositor não tem que ser chamado para ouvir a gravação. Esse cara não entende nada”.

O resultado é que, no mesmo ano, Beth Carvalho gravou a música em seu disco “De pé no chão” e imortalizou Jorge e o Cacique de Ramos. Até hoje “Vou festejar” é entoada no carnaval e nos estádios de futebol por todo país.

PARCEIROS


 

Sede Administrativa
Rua Visconde de Maranguape, 15
Largo da Lapa, CEP 20021-390
Rio de Janeiro/ RJ

Sede Praça XV
Praça Luiz Souza Dantas, 01
Praça XV, Rio de Janeiro/ RJ
Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Tel +55 21 2332-9509/ 2332-9507 (Lapa)
Tel +55 21 2332-9068 (Praça XV)
Email: olamisrj@gmail.com

©

2018 MIS–RJ
Termos de uso/ FAQ
design ps.2