MIS/ Acervo

 

Coleção Jacob do Bandolim


 

Jacob Pick Bittencourt, conhecido como Jacob do Bandolim, nasceu em 14 de fevereiro de 1918, no Rio de Janeiro. Ganhou seu primeiro bandolim na adolescência e, apesar de ter tocado em diversos conjuntos instrumentais desde cedo, nunca se profissionalizou totalmente, tendo sempre outros empregos não relacionados à música.

Tocou nas mais importantes emissoras de rádio da época, entre elas a Mayrink Veiga, Cajuti, Fluminense e Rádio Nacional, e participou de gravações históricas como a de Ataulfo Alves para a música “Ai, que saudades da Amélia” (Ataulfo Alves e Mário Lago) e a de Nelson Gonçalves para “Marina” (Dorival Caymmi).

Considerado um dos mais puros solistas de nossa música popular, Jacob é autor de chorinhos clássicos como “Remelexo”, “Doce de coco”, “Treme-treme” e “Bole-bole”. Dotado de extraordinária capacidade de improviso, harmonia e musicalidade, verdadeiro virtuose do bandolim, dominava o instrumento em execuções magníficas, graças às inflexões e aos recursos sonoros que utilizava.

Faleceu em 13 de agosto de 1969, no Rio de Janeiro.

A coleção Jacob do Bandolim, fruto de sua dedicação à pesquisa da música popular brasileira, particularmente das origens do choro, foi comprada pela Companhia Sousa Cruz e doada ao MIS-RJ em 1974. É composta por milhares de documentos, entre partituras, scripts, correspondência, discos, fotografias e objetos tridimensionais – entre os quais sua máquina de escrever e sua indumentária de casamento – além de livros, catálogos, revistas e recortes de jornais.

 

 

PARCEIROS


 

Sede Administrativa
Rua Visconde de Maranguape, 15
Largo da Lapa, CEP 20021-390
Rio de Janeiro/ RJ

Sede Praça XV
Praça Luiz Souza Dantas, 01
Praça XV, Rio de Janeiro/ RJ
Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Tel +55 21 2332-9509/ 2332-9507 (Lapa)
Tel +55 21 2332-9068 (Praça XV)
Email: ola@mis.rj.gov.br

©

2017 MIS–RJ
Termos de uso/ FAQ
design ps.2